HOME
CONTATO
  • image00

    .

HOME / RELEASES E NOTICIAS

Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019, 12h10   (Atualizada 16/10/2019 às 12:10)

A influência da alimentação na prevenção do câncer de mama.

Reprodução

Iniciamos o outubro rosa, mês que é realizado mundialmente a campanha que tem como intenção, de alertar a sociedade da importância de se realizar os exames de prevenção ao câncer de mama. Estudos apontam que diagnosticar precocemente o câncer aumenta as chances de cura de até 95% dos casos, sendo então importante o exame de mamografia como método de rastrear a doença.

 

Essa campanha teve início em 1.990 em um evento chamado “Corrida pela cura” que aconteceu em Nova Iorque, pela instituição Susan G. Komen Breast Cancer Foundation. No Brasil a primeira ação foi realizada em 2002, no parque Ibirapuera em São Paulo, e em 2008 essa iniciativa tornou-se mais frequente, e realizada por diversas entidades relacionadas ao câncer de mama.

 

O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente e o tumor que mais acomete as mulheres, e existem riscos chamados de “não modificados”, que estão relacionados com a genética, idade, histórico familiar, raça etc. A nutricionista Dayane Lima, ressalta que existem os riscos “modificados” sendo eles aqueles que dependem do nosso comportamento e das nossas mudanças como: o alcoolismo, manter o peso saudável, adquirir hábitos alimentares saudáveis, e a prática de atividade física. As escolhas alimentares apresentam grande influência na qualidade de vida, e na prevenção de doenças, alguns alimentos auxiliam na proteção do corpo contra várias doenças, devemos tomar cuidado com alimentos ricos em sódio, gorduras, açucares, industrializados, refrigerantes, bebidas alcoólicas e outros. Nossa alimentação tem que ser baseada em alimentos in natura e integral, devem fazer parte da nossa rotina alimentar, saladas, verduras e frutas, e o fracionamento das refeições ao longo do dia em pequenas quantidades.

 

O excesso de gordura corporal provoca alterações hormonais, levando a um quadro inflamatório crônico contribuindo para o aumento de células cancerígenas.

 

Dayane P. de Lima

Nutricionista

Fonte: Dayane P. de Lima - Nutricionista clínica
Voltar

COMENTAR A NOTÍCIA

(66) 3015-1799 | 9927-7292  refeccs@hotmail.com

Refeccs - Rede Feminina de Combate ao Câncer de Sinop © Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR